- Thiago Duarte

3 dicas para aproveitar o uso de hashtags

Você presta atenção nas hashtags que você usa?! O uso das hashtags começou com o Twitter e logo foi tomando conta de outras redes sociais. Elas são agregadores de conteúdos e quando usadas da maneira correta, atraem um público maior. Separamos três dicas para você colocar em prática.

  1. Não use hashtags longas e confusas

Esse detalhe pode prejudicar a sua estratégia de Marketing Digital! Preste atenção nas suas hashtags. O ideal é usar palavras simples, objetivas, precisas e de fácil compreensão, despertando o interesse do seu cliente. Hashatgs longas geram confusão no seu público.

  1. Busque saber mais sobre a hashtag que vai usar

As hashtags são palavras criadas para situações específicas, pode ser: um evento social, um evento cultural, etc. Mas também podem ser criadas para representar um estilo de vida, a paixão por algo, para posicionamento de uma marca, e assim vai. Fique de olho para o que elas significam porque podem trazer uma imagem negativa para a sua empresa. Conhecer a origem e o conteúdo que está vinculada a hashtag é essencial para a sua estratégia dar certo. Afinal, o post e a hashtag precisam, ambos, estar em sintonia.

  1. Menos é mais

Pode parecer que adicionar diversas hashtags vai trazer resultados para o seu post, mas pode ser o contrário! Inclusive, você já deve ter ouvido essa dica, de usar o máximo de hashtags que puder ou de colocar hashtags famosas, mas a verdade é que as diretrizes do Instagram, por exemplo, são bem claras, você pode ser penalizado. A indicação é usar até 5 hashtags por post.

Por isso, nada de exageros, foque sempre no que é essencial.

Leia também: Investir ou não em marketing digital?

 

- Fabrine Jeremias

Investir ou não em e-mail marketing?!

O e-mail marketing muitas vezes parece antiquado quando pensamos em estratégias de redes sociais e até de WhatsApp, mas a verdade é que, além de não estar morto, ele vive muito bem e pode gerar ótimos resultados que estreitam relacionamentos com o seu cliente.

O que precisamos entender é que cada ferramenta, cada canal de comunicação tem um objetivo diferente, e nenhum deles deve ser descartado pela sua empresa sem antes testar algumas estratégias. Novas mídias surgem a todo momento, e o e-mail continua sendo uma das principais formas de cadastro, é como se fosse o CPF da pessoa na internet. Então por que deixar de lado?!

O e-mail é uma mídia pra quem já conhece você, ou seja, uma pessoa que já deixou seu contato porque tem interesse ou já comprou seu produto ou serviço. Tem algo mais valioso que um “contato quente”? Se você tem um recado para comunicar, seja ele de relacionamento ou vendas, vai disparar exatamente pra quem já conhece você. E mesmo que a taxa de abertura seja menor do que o alcance de outra mídia, essa taxa é mais “certeira”, abre possibilidades de novas vendas ou de fidelizar seus clientes.

Outro ponto forte do e-mail marketing é que é um espaço para você mostrar consistência. Posicionar sua marca, sua identidade e propósito. Um lugar onde você pode explorar o universo da sua empresa e ser lembrado como referência.

Algumas dicas pra explorar no e-mail marketing:

- Tirar dúvidas dos seus consumidores

- Chamar para ler a última novidade do Blog

- Divulgar cupom de desconto

Gostou das dicas?! Confira também: Seja referência com conteúdos exclusivos.

 

 

 

 

 

 

- Carla Giassi

Seja referência com conteúdos incríveis

Quando você procura um produto ou serviço na internet, o que te motiva e desperta o desejo da compra? O conteúdo nas redes sociais da sua empresa pode fazer toda a diferença na hora de convencer a compra e tornar sua empresa uma referência.

Antes de colocar no seu blog um texto, pense em como você vai entregar isso, e antes tenha certeza do que seu público realmente deseja. O que você pode fazer para ser uma autoridade reconhecida no assunto, e uma excelente reputação?

Ter atenção aos detalhes é fundamental para gerar a melhor experiência, deixar um cliente satisfeito e fazê-lo consumir mais. Entregar material com um conteúdo brilhante, vai oferecer uma experiência de consumo excelente.

Em primeiro lugar você precisa deixar bem claro qual a diferença entre você e seu concorrente. Lembre-se ainda que ao entregar um conteúdo no seu blog ou redes sociais, é preciso ter responsabilidade ao escrever, saber as palavras chaves, utilizar ferramentas de SEO e assim garantir uma entrega excelente.

Dessa forma, você vai garantir influência com responsabilidade sobre as pessoas, ser uma autoridade no mercado, atender seu público, com conteúdo de qualidade. E ainda, você vai aumentar o alcance, garantir longevidade, posicionar sua marca com poder e influência.

Leia também: Entenda definitivamente o que é Inbound Marketing.

 

 

- Fabíola Oliveira

Entenda definitivamente o que é Inbound Marketing

Você já ouviu falar sobre Inbound Marketing, tentou entender como funciona a técnica e ainda assim ficou com dúvidas? Então esse texto é para você. Nas próximas linhas você vai compreender o inbound definitivamente, de forma simples e de fácil entendimento. Vamos lá?

O que é?

Inbound Marketing, que também pode ser chamado de marketing de atração, consiste em técnicas de marketing que têm como objetivo atrair o público-alvo, em vez de correr atrás dele, ou interrompê-lo, como acontece no marketing tradicional.

Ok, então quem vai correr atrás da marca vai ser o cliente e não o contrário, certo? Certo, e pode parecer milagre, não é mesmo? Você deve estar se perguntando: por que o cliente vai correr atrás da minha marca?

Como funciona?

A resposta é simples: porque em vez de só produzir conteúdos de venda, que falam apenas sobre o seu produto ou serviço e sobre as qualidades deles, você vai produzir conteúdo relevante para o seu público-alvo, que o ajude a entender e a resolver problemas. Simplificando, você vai produzir mais conteúdo relacionado a solução que você oferece, e em como você pode ajudar o seu cliente, do que conteúdo vendendo diretamente seu produto.

Certo, e como o meu cliente vai encontrar o meu conteúdo relevante, se eu não vou “correr” atrás dele para mostrar? Simples também: através de técnicas de marketing digital, entre elas SEO, SEM, segmentações, blog, e-mail marketing e redes sociais.

Essas técnicas seguem um processo, que consiste em: atrair o público interessado no seu negócio, converter esse público com conteúdos relevantes, vender a sua solução para esse público e, por último, encantar e se relacionar com esse público, para que ele volte a comprar de você e a te indicar. Essas etapas também são chamadas de “nutrição” de leads.

É importante entender que todo o processo de inbound marketing, para ser duradouro e eficiente, precisa contar com o auxílio de profissionais capacitados e de ferramentas específicas, que tornam o método mais automatizado e eficaz.

Para que serve? Quais as vantagens?

Todo esse processo de inbound marketing serve para otimizar a aquisição de clientes e o processo de vendas da empresa. Com o método, é possível mensurar os resultados dos investimentos e calcular o ROI, o retorno sobre o investimento.

Além da vantagem de conseguir medir o resultado de todas as ações de marketing, o inbound é também uma forma de gerar conteúdos que realmente façam a diferença para o cliente, mantendo, dessa forma, um relacionamento de confiança com ele. Ou seja, você atrai o público certo, se aproxima e ganha a confiança desse público e ainda consegue tornar o ciclo de vendas mais curto e barato.

Gostou do método de Inbound Marketing e quer saber se é possível aplicá-lo no seu negócio? Fale com a gente!

Leia também: O que são LEADS e tudo o que você precisa saber sobre eles.

 

 

- Thiago Duarte

3 coisas que podem prejudicar o seu Marketing Digital

Não adianta apenas desenvolver a sua estratégia de comunicação e não analisar os resultados e as opiniões dos seus clientes, afinal eles são a principal fonte de informações sobre o seu negócio. Algumas coisinhas sempre acabam escapando e podem prejudicar a experiência deles. Pequenos detalhes fazem a diferença na experiência do usuário e se alguma informação estiver diferente, pode até mesmo mexer com a confiança deles. Por isso, separamos 3 coisas que podem acabar com o seu Marketing Digital e você nem está percebendo.

 

  1. Os canais da empresa não conversam ou estão desatualizados: Alguma vez você já percebeu que as fachadas em uma rede social são diferentes das outras redes?! Pois é, essas pequenas coisas acontecem e são um grande problema! É muito feio que esses canais de comunicação da empresa estejam em desacordo e desatualizados, pois passa um sinal de desleixo. Todos os canais devem estar atualizados acompanhando a proposta atual da sua marca.

 

  1. O site existe, mas somente isso! Esse é um dos principais erros: ter um site apenas por ter. Ele fica lá, parado e sem atualizações, com as mesmas informações de sempre. O ideal é trazer um pouco de vida para ele, uma boa maneira de fazer isso é produzir conteúdo para um blog da empresa, trazendo mais opções para as pessoas acessarem. Essa ideia também ajuda no próprio buscador do Google, por isso é importante ter conteúdos que abordem palavras-chaves relacionadas ao seu negócio, para que as pessoas cheguem até você de forma indireta e se interessem pela marca.

 

  1. Não entender ou não prestar atenção aos seus canais digitais: É crucial para que a sua estratégia de comunicação dê certo! Se os seus textos e materiais deixam as pessoas confusas, dificilmente alguém vai querer se relacionar com a sua marca. Por isso, prestar a atenção nas informações que você está passando é essencial. Pensa comigo, em um canal o assunto termina defendendo o lado A e no outro canal termina defendendo o lado B, você se sentiria confuso e não saberia em qual acreditar, certo?! Por isso, é importante prestar atenção na forma que a sua comunicação é distribuída nesses canais, para que eles possam se complementar e não confundir os seus clientes.

Leia também: Você gera leads nas redes sociais?

 

 

 

 

- Fabrine Jeremias

Você gera leads nas redes sociais?!

Gerar leads é um dos indicadores de que suas redes sociais estão dando resultados. Você tem feito isso?!

Um longo caminho é preciso pra chegar no cliente e conseguir o seu contato, assim como um time de vendas que traça toda uma estratégia pra chegar até o cliente, as redes sociais também funcionam assim. Se você não está gerando leads, alguma coisa está faltando na sua estratégia.

É fundamental entender que, sem relacionamento, você não gera contatos. Ou seja, se você usa suas redes sociais apenas para vender, sem agregar valor, sem apresentar conteúdo útil, dificilmente você vai captar leads. Pode até conseguir alguns em uma ação ou outra, mas para ter sempre sua base quente, é preciso investir em relacionamento.

Entenda o seu cliente, escute ele pra poder gerar conteúdo que interessa, que envolva e que conquiste. Faça ele fazer questão de fechar negócio com você. Ofereça dicas, textos, vídeos e postagens pra depois sim pedir algo em troca, como o contato.

Confira também: O poder das redes sociais para as empresas. 

 

Aguarde...